Google

Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

GRH  >  Gestão de Recursos Humanos  >  Currículo  >  Gestão de Equipas

Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Plano Curricular Gestão de Recursos Humanos


Gestão de Equipas (GEQ)

UC Competência

Gestão de Equipas(Ciências Sociais)

UC Execução

Gestão de Equipas (2020/2021 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2019/2020 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2018/2019 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2017/2018 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2016/2017 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2015/2016 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2014/2015 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2013/2014 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2012/2013 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2011/2012 - Semestre 2)
Gestão de Equipas (2010/2011 - Semestre 2)

Contextos

Grupo: Gestão de Recursos Humanos > 2º Ciclo > Unidades Curriculares Obrigatórias

Período: 1 Ano, 2 Semestre

Peso

6.0 (para cálculo da média)

Objectivos

Procura dar a conhecer conceitos para melhor compreensão do funcionamento de equipas nas organizações.

Tem como principal objectivo a melhoria do desempenho das equipas de trabalho.

Propõe uma aproximação holística do grupo através da combinação de teorias da Psicologia e práticas actuais de gestão.

Os principais tópicos desenvolvidos incluem o desenho de tarefas, a composição de equipas, a estruturação de papeis dentro das equipas, socialização dos membros, influência e poder, liderança e tomada de decisão e formação.

É dada grande ênfase à aprendizagem pela experiência assim como aos estudos de caso e às discussões em sala.

Programa

Breve introdução:
- Novas realidades nas organizações e o primado das equipas;
- As novas conceções de projectos, as equipas virtuais, as exigências da participação;
- Vertentes e abordagens no estudo dos grupos nas organizações.

Perspetiva histórica do estudo dos grupos:
- Os estudos de Hawthorne;
- Contributos diversos da Psicologia;
- A escola do Tavistock Institute;
- Abordagens atuais dos grupos.

Equipas e condições para a sua eficácia:
- Funções dos grupos;
- Modelos de desenvolvimento dos grupos;
- Modelos de eficácia de grupos;
- Modelos de decisão em grupo;
- Liderança e eficácia de grupos.

Afetos e emoções nas equipas:
- A gestão construtiva de conflitos;
- A comunicação eficaz;
- A inteligência emocional no trabalho em equipa;
- Análise dos estilos cognitivos e emocionais dos membros da equipa.

Equipas e ambiente de trabalho:
- Promoção da criatividade e mudança nas equipas;
- Ambientes criativos;
- As equipas e os comportamentos desviantes;
- O stress nas equipas.

Metodologia de avaliação

- Realização de exercícios e casos a preparar em grupo durante as aulas: 30%;
- Participação nas aulas: inclui intervenções espontâneas e planeadas, ex: críticas, comparações, implicações: 20%;
- Estudo de caso em grupo: solicita-se aos grupos para prepararem por escrito um caso. Pretende-se não só que apliquem tópicos relacionados com a disciplina mas também conhecimentos sobre os processos grupais: (50%.

Bibliografia

Principal

Manual de comportamento organizacional e gestão

Cunha, M. Pina, Rego, A., Campos, R. & Cabral-Cardoso, C.

2003

Lisboa, RH editora.

Organizações positivas

Cunha, M. Pina, Rego, A., & Cunha, R. Campos

2006

Lisboa, Dom Quixote.

Reinventing organizations. A guide to creating organizations inspired by the mext stage of human consciousness.

Laloux, F.

2014

Nelson Parker.

Comportamento organizacional e gestão de empresas

Marques, C.A. & Cunha, M.P.

2000

Lisboa, Publicações D.Quixote.

Os grupos nas organizações in C. A. Marques & M.P. Cunha, Comportamento organizacional e gestão de empresas,

Rijsman, J.

1996

Lisboa, Publicações D.Quixote, pp.177-203.

Management

Robbins, S. & Coutler, M.

2003

New Jersey, Prenctice-Hall.

Psicologia organizacional,

Schein, E.

1982

Rio de Janeiro, Prenctice-Hall do Brasil (5ª edição).

Colaborar para inovar

Sousa, F. C. & Monteiro, I. P.

2015

Lisboa, Edições Sílabo.

Psicologia social,

Vala, J. & Monteiro, B

2004

Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian (6ª edição).

null

null

null

null

Secundária

Small groups as complex systems: formation, coordination, development and adaptation,

Arrow, H., Mc Grath, J.E. & Berdahl, J.L.

2000

Thousand Oaks, Sage Publications.

Um nível superior de Liderança

Blanchard, K.

2007

Editora Actual.

Trabalho em equipa. Go team!

Blanchard, K., Randolph, A. & Grazier, P.

2007

Lisboa, Edições Público.

Innovation through collaboration in Advances in Interdisciplinary studies of work teams

Beyerlein, M.M., Beyerlein, S. & Kennedy, F. (eds)

2006

Oxford, Elsevier JAI Press

Virtual teams in Advances in Interdisciplinary studies of work teams

Beyerlein, M.M., Beyerlein, S. & Johnson, D. (eds)

2001

Oxford, Elsevier JAI Press.

Team development in Advances in Interdisciplinary studies of work teams,

Beyerlein, M.M., Johnson, D. & Beyerlein, S. (eds)

2000

Oxford, Elsevier JAI Press.

Job Quality in Europe: the North-South Divide

Cerdeira, M. C.& Kovács, I.

2008

Enterprise and Work Innovation Studies, 4, IET, pp. 21 - 47.

The Handbook of Research on Top Management Teams

Carpenter, M. (ed.)

2012

Edward Elgar Publishing.

The Belfast Workshop: An application of Group Techniques to a Destructive Conflict,

Doob, L. & Foltz, W.

1973

Journal of Conflict Resolution, 17, 489-510.

Reuniões eficazes

Dressler, L

2008

Lisboa, Actual Editora.

Direct Participation and the Modernization of Work Organisation Luxembourg: Office for Official Publications of the European Communities

European Foundation for the Improvement of Living and Working Conditions

2000

New Working Environments. A decade of Achievements. A Strategy for the Next Decade

European Commission

2006

Luxembourg, Office for Official Publications of the European Communities

European Commission, Employment in Europe 2007,

Office for Official, Publications of the European Communities, Luxembourg

2007

Trabalhar com inteligência emocional,

Goleman, D.

1999

Lisboa, Temas e debate.

Os novos líderes

Goleman, D, Boyatis, R. McKee, A

2002

Gradiva.

Inteligência social. A nova ciência do relacionamento humano,

Goleman, D.

2006

Lisboa, Temas e debate.

A organização por dentro. Ideias para directores,

Handy, C.

2007

Lisboa, Edições Público.

Big-B versus Big-O: What is organizational about organizational behavior?

Heath, C. & Sitkin, S.B.

2001

Journal of Organizational Behavior, 22, 43-58.

The workplace within: psychodynamics of organisational life, Boston,

Hirschorn, L.

1998

MIT press.

A inteligência emocional de uma equipa,

Hughes, M. & Terrel, J.

2009

Montijo, SmartBook.

Some historical and scientific issues related to research on emotional intelligence,

Landy, F.

2005

Journal of organizational behavior, 26 (4), p.411-424.

Emotional dynamics and strategizing processes:a study of strategic conversations in top team meetings,

Liu, F. & Maitlis, S.

2012

Journal of Management Studies,51, 2: 202-234.

New approaches to organizing: competencies, capabilities, and the decline of the bureaucratic model in C.L. Cooper e S.E. Jackson (ed.).

Lawler, E. & Ledford, G.

1997

Creating tomorrow?s organizations, John Wiley and Sons Ltd.

Repertoires of trust: the practice of trust in a multinational organization amid political conflict,

Mizrachi, N. Drori, I. & Anspach, R.

2007

American Sociological Review, 72 :143-165.

Group and team coaching. The essential guide. Hove and New York

Thornton, C.

2010

Routledge.

The essence of managing groups and teams

Williams, H.

1996

Prenctice Hall Europe.

Os segredos para uma gestão de equipas de sucesso. Como conduzir uma equipa à inovação, criatividade e sucesso,

West, M.

2004

Lisboa, Plátano Editora.